Seropédica inicia segunda dose contra a febre aftosa

05/11/2012 21:56

 

Seropédica inicia segunda dose contra a febre aftosa

 

 
 
Por Tathiana Gama/ Ascom PMS
Foto Divulgação
 
 

A 2ª etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa está ocorrendo normalmente no município de Seropédica desde o último dia 1º. A campanha é desenvolvida pela secretaria municipal de Ambiente e Agronegócios juntamente com a EMATER local e o Núcleo de Defesa Agropecuária do Rio de Janeiro (NDA – RJ).
 
Com o intuito de imunizar o rebanho, a prefeitura municipal está beneficiando os pequenos criadores com a vacina e o veterinário. “Nosso objetivo é vacinar todo o rebanho e, para isso contamos com a ajuda e compreensão dos pecuaristas do município e vamos fornecer as doses da vacina e disponibilizar técnicos para a aplicação, sem custos aos pecuaristas”, explica o secretário de Ambiente e Agronegócios, Ademar Quintella.
 
Segundo o secretário a prefeitura está disponibilizando as doses aos agricultores com um rebanho de até 50 animais. Ele ressaltou a importância de todos os produtores aplicarem a vacina nos respectivos gados logo no início da campanha.
 
Conforme informou Julio Cicarino, agente agropecuário do Núcleo de Defesa Agropecuária do Rio de Janeiro (NDA – RJ), esta etapa da campanha será diferente, pois serão vacinados apenas bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. “Nós recebemos um ofício da Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária que ordenava a vacinação dos bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade, porém na campanha que iniciará em maio de 2013 o produtor deverá vacinar todos os animais em qualquer idade”, afirma Júlio Cicarino. “A vacina contra a doença é importante não só para o produtor, mas para o município, o estado e todo o país”, completou.
 
Quintella enfatiza que apesar de parcial, após a vacinação continua sendo obrigatória a apresentação da Declaração de Vacinação em um dos Núcleos de Defesa Agropecuária ou Postos Municipais no Estado. “Os produtores deverão preencher com atenção a declaração. Nos campos existentes deverão constar todos os bovídeos da propriedade e no campo vacinados, somente deverão ser discriminados os animais até 24 meses”, enfatiza Ademar Quintella.
 
A cidade é a 2ª maior criadora de gado da Baixada, perdendo apenas para Caxias. Em Seropédica existem 273 criadores e aproximadamente 13 mil cabeças de gado. A vacinação seguirá até o final de novembro.
 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!