Pastor assassinado na Avenida Brasil foi enterrado nesta terça-feira 23/04

24/04/2013 11:49

O pastor Edvaldo Dias Pereira, de 50 anos, morto em um tiroteio entre policiais e bandidos na Avenida Brasil, foi enterrado nesta terça-feira, às 16h, no Cemitério Jardim da Saudade, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Além de ser pastor da igreja Assembléia de Deus de Honório Gurgel, ele era presidente municipal do Partido Social Cristão (PSC) de Seropédica. O religioso seguia de carro com a mulher para a igreja, onde participaria de uma reunião administrativa.

- É muito triste, mas precisamos ter fé em Deus, que está controle de todas as coisas. Temos a esperança de que, na vida eterna, estaremos com Cristo - disse o também pastor da Assembléia de Deus, Everaldo Dias Pereira, de 57 anos, um dos seis irmãos da vítima e que é vice-presidente nacional do PSC.

Segundo ele, a família não pensa em processar o Estado.

- Foi uma fatalidade - resume.

O advogado Laércio Pereira, de 32 anos, que é sobrinho da vítima, também lamentou a morte do tio.

- Foi uma morte brutal. Mas a gente tem o consolo de que está nas mãos de Deus - disse.

Edivaldo deixou a mulher e duas filhas, uma de 21 anos e outra de 20 anos, além de seis irmãos, sendo quatro homens e duas mulheres. Os quatro homens são pastores. Everaldo, por exemplo, fazia parte de uma das filiais da Assembléia de Deus de Madureira.



Leia mais: https://extra.globo.com/casos-de-policia/pastor-assassinado-na-avenida-brasil-foi-enterrado-nesta-terca-feira-8194203.html#ixzz2ROOqpwkH


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!