GOVERNO DO ESTADO DEBATE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO DA REGIÃO METROPOLITANA

15/04/2013 20:28

 

Representantes da Prefeitura de Seropédica participaram do debate que apresentou perspectivas e desdobramentos da parceria com o Banco Mundial em projetos estratégicos

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Seropédica, Wilson Beserra, participou, nesta sexta-feira (12/4), do Fórum de Desenvolvimento Estratégico do Estado do Rio de Janeiro, no Palácio Guanabara.

O objetivo do encontro foi promover a interação entre as entidades da sociedade civil organizada, as universidades e o poder público, estimulando o debate de propostas e ações que contribuam para o desenvolvimento econômico social da população fluminense. “É muito importante analisarmos a expansão da Região Metropolitana, para com isso planejarmos o crescimento e o desenvolvimento de Seropédica de forma estratégica com o objetivo de melhorarmos o sistema urbano, principalmente nos de transportes, saneamento básico e drenagem”, enfatizou Wilson Beserra.

Ao longo do dia, foram apresentadas as perspectivas e os desdobramentos da cooperação entre o Banco Mundial e o governo do Estado para os estudos da Região Metropolitana. Além de representantes do Banco Mundial, estiveram presentes representantes dos governos estadual, federal e municipal.

Para o subsecretário Estadual de Urbanismo, Vicente Loureiro, essa troca de experiências é fundamental para que as cidades possam construir uma proposta integrada de transportes, que facilite as conexões modais e torne o acesso da população ao trabalho e lazer mais fácil. “Acho que esse é um momento importante para que toda a sociedade discuta projetos de governança metropolitana. Se a região tivesse sido mais bem planejada há algumas décadas, hoje teríamos muito menos a fazer. Precisamos refletir na cidade que queremos para nós e nossos filhos e, para isso, precisamos começar a pensá-la melhor hoje”, frisou Loureiro.

Propostas de criação de corredores expressos, ampliação da malha metroferroviária e requalificação urbana das cidades, com uma melhor oferta dos espaços públicos à comunidade foram levantadas pelos técnicos.

Além da discussão sobre mobilidade, o Diálogos Metropolitanos discutiu habitação, saneamento, geração de emprego, meio ambiente e diversos outros temas que possam contribuir para a definição de um modelo de governança metropolitana. Hoje os principais modelos encontrados são a administração estadual, consórcio com prefeituras ou a criação de um conselho, envolvendo todos os setores da sociedade. “O estado quer conhecer todos os modelos e construir uma realidade que consiga dimensionar, com qualidade, o espaço metropolitano do Rio de Janeiro”, concluiu Loureiro.

Além dos secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável Wilson Beserra, participaram do encontro o subsecretário de Planejamento Alessandro Clementino, o secretário de Obras Fernando Barros e o secretário de Comunicação, Turismo e Eventos Thiago Ribeiro.

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!